10 projetos usando tinta em spray

03/09/2015



Quem já acompanha o "Casa" há um tempinho bem sabe que eu amo um projeto a ser resolvido com tinta em spray, né? Entre muitos benefícios, estão:

- Acabamento: fica aquele aspecto laqueado, selado, bonito, sabe? Tanto para o brilhoso quanto para o fosco!

- Praticidade: tem lugares que são difíceis demais de se alcançar com um rolinho ou pincel. Móveis com muitos detalhes, ferro, curvas... o spray chega onde ninguém chega. Até onde você não quer. Acredite. Além disso, é uma ótima tinta para pintar ferro, metal e plástico.

- Secagem rápida: De camadinha fina em camadinha fina, em menos de meia hora sua pintura tá seca ao toque.

Mas é claro que o spray possui as suas desvantagens também, que a gente precisa ficar de olho:

- Sujeira, muita sujeira: sim. Muita. Sujeira. Se você pretende usar uma tinta em spray, proteja 3x mais do que você normalmente faria com qualquer outra tinta. E lembre-se: acha que protegeu bem? Pense de novo. A tinta em spray vira uma névoa de cor e, mesmo que você não consiga ver o "estrago" claramente, você vai acabar tingindo tudo o que tem a sua volta.

- Pintar? Só lá fora: sim, espaços abertos, arejados. O cheiro é forte.

- Preço: O valor médio de uma lata de tinta em spray é R$15, R$18. Se você for fazer um projeto maior, sai mais em conta comprar um quartinho de esmalte sintético que vem na lata mesmo.

Obstáculos à parte, a tinta em spray ainda tem um saldo mais do que positivo no meu coração! E como prova desse amor, divido com você não só um, mas 10 projetinhos que já passaram aqui pelo Casa de Colorir usando essa matéria prima dos deuses:


1: Luminária

Lembra da luminária de colherzinha de plástico? Reveja aqui o passo-a-passo.



2- A cadeira Lucy

O spray serve para pintar madeira e, por quê não, reformar um móvel? Veja a reforma dessa cadeira aqui.



3: Galinha D'angola

E por falar em reforma de móvel, olha a transformação de princesa dessa cômoda aqui.



4: Ralo

O ralo da sua cozinha ou banheiro tá feio, velho, encardido, sem graça? Tinta em spray nele! Veja aqui.



5: Eletrodomésticos novos em folha

Eletrodomésticos velhos e encardidos também podem ganhar uma nova cara pra enfeitar a cozinha com a tal da tinta em spray. Você confere aqui.



6: Nem o ventilador escapou.

De elefante branco à destaque da sala em menos de 1 hora. Passo-a-passo aqui.



7: Luminária Criativa

Três inspirações para você transformar simples globos terrestres em luminárias criativas. Vem por aqui.



8: Móveis de plástico

Não te falei que a tinta em spray pinta plástico que é uma maravilha? Veja aqui a transformação desse carrinho de salão de beleza como ficou!



9: Spray em tecido

"Mas spray em tecido pode?" Tudo pode. E esse projeto tá aqui pra confirmar:



10: Luminária Tropical

Mais uma luminária criativa e bem humorada! Aprenda a fazer uma igual aqui.




Um bolso charmoso para os controles-remoto

01/09/2015


Quase todo dia é a mesma pergunta: onde está o controle remoto? Ninguém sabe, ninguém viu. Muitas vezes, está escondido entre as almofadas, entre a papelada da mesa e até em outro cômodo, fruto da distração de alguns. Pensando em tornar o nosso dia a dia mais prático e - por quê não? - mais charmoso, hoje eu te ensino a fazer um bolso de sofá para você guardar seus controles e outras miudezas que podem e devem estar sempre à mão

Você vai precisar de:

- 2 folhas de papel transfer (compro os meus na Caçula ou na Kalunga)
- Impressora
- cola para tecido
- agulha e linha de lã
- 2m de fita de viés.



O primeiro passo é construir a estrutura do seu bolso. Ela consiste em um retângulo grande de 30x70cm e dois retângulos menores de 30x20cm, que serão os bolsos.





Una as três partes usando cola de tecido. Você deverá colar um bolso em cada extremidade do retângulo maior, considerando que cada bolso ficará para um lado do sofá.


Para fazer o acabamento das laterais, usei a própria cola de tecido para colar uma fita de viés ao redor de toda a costura. Para a divisória dos bolsos, costure uma linha pontilhada usando uma linha de lã.


Usando a minha impressora, imprimi duas folhas de papel transfer que vão servir para estampar os bolsos da peça. Eu escolhi essas ilustrações de suculentas, mas você pode optar por uma frase favorita ou até uma foto.




Depois de recortar cada plantinha, usei o ferro na temperatura média para transferir a imagem para o tecido. Essa orientação pode variar de acordo com a marca ou fabricante do seu papel transfer. Por isso, minha dica nesse caso é seguir à risca a orientação da sua embalagem.



Imagens transferidas, bolso pronto, é hora de ir para o sofá!


De um lado, bolso para controles. Do outro, um bolsão para os vinis, já que minha peça fica bem do lado da vitrola por aqui. :) E você? O que o você precisa que esteja sempre à mão por aí? Agora você já sabe como fazer e como organizar!







Para baixar os moldes, clique com o botão esquerdo sobre a imagem e escolha "Savar como..."