Carregando...

Como reformar um arquivo antigo (Repaginar móveis usados)

30/04/15

Vamos falar sobre os injustiçados arquivos? Sim, aqueles trambolhos, de metal, que já tiveram seus tempos de glória antes dos computadores e HDs... Agora, tudo se guarda dentro de chips, não é mesmo? Para quê, então, manter um elefante branco cinza - e muitas vezes enferrujado - desses ocupando espaço em casa, sem utilidade? Realmente, hoje em dia, um arquivo perdeu a sua utilidade de... arquivo de documentos. Um exemplo disso é a quantidade de opções à venda em brechós, ferros-velho e site de compra e venda de artigos de segunda mão. Mas e quem disse que ele não tem todo o potencial do mundo para se transformar em outra coisa? Aliás, em outras coisas!

Depois de uma boa lixada, primer, duas camadas de tinta e um novo tampo de madeira, perdemos até o direito de chamá-lo de arquivo e teremos que adotar outras opções: armarinho do banheiro, cômoda de roupas, gaveteiro para materiais de artes/desenho, organizador de pratos e louças na cozinha... e mais o que precisar de uma armazenagem mais charmosa por aí. :)


Sem mais enrolação, vamos a um passo-a-passo bem direto, pá pum? Para mais detalhes, tem um vídeo lá no final do post que se eu fosse você não perdia. Esse é um arquivo de metal que eu comprei nesses sites de compra e venda aqui na Internet. Paguei R$80. 

Depois de uma boooa lixada (usando lixa para metal), o arquivo está preparado a pintura. Quando eu digo "booooa", é porque é importante retirar qualquer ferrugem, resto de cola, tinta ou qualquer elemento que possa prejudicar o acabamento final. Depois de lixar, eu sempre aplico um primer antes de começar a pintura. É aquela história da maquiagem... você precisa usar o tal do primer para começar a maquiagem? Não, né? Mas a pele e a durabilidade do make não ficam bem melhores com ele? A mesma coisa para o primer daqui. :) Eu uso o Fundo Preparador para metais e madeira da Coral, seca rapidinho... evita que a pintura fique manchada e que ela desgaste com facilidade.


Para a pintura, optei por um esmalte sintético à base de água, acabamento acetinado da Coral. A cor é "Amarelo Essencial". Duas demãos usando o rolinho de espuma. Ah... e sem esmagarrrrr o rolinho com a tinta hein? O rolinho deve receber o peso leve da mão, esticando a tinta sobre a superfície, e não espremendo, esfregando. Eu espero pelo menos meia hora e checo com a pontinha dos dedos, num local discreto: se a tinta não estiver melada, aplico a outra demão. 

Os puxadores de metal também mereciam uma atenção, não acha? Duas camadas de tinta em spray. Essa aí é uma tinta em spray nova da Colorgin, chamada Arte Urbana. Ela é fosca e deixa um acabamento bem bonito! A cor é Roxo.


Para deixar o arquivo com mais cara de movelzinho, colei algumas ripas de madeira no tampo. "Colei"? Sim, colei com Prego Líquido, que é uma cola extra-forte em bisnaga, tipo uma pasta, que salva a minha vida em muita coisa, até para prender alguns quadrinhos leves na parede!

E só para porque a gente adora uma fofurice, colei uns pedacinhos de tecido usando cola branca nessa área para identificar cada gaveta. Você pode imprimir etiquetas bonitinhas na sua impressora ou fazer uma letra caprichada e escrever com canetinha permanente mesmo. 


Arquivo transformado, função também. Que cantinho não gostaria de abrigar um móvel alegre e, o mais importante, útil desses na sua casa?

Esse projeto faz parte da série de programetes que eu tive o prazer de gravar para o "Oficina da Thalita", no canal GNT! Para quem não sabe, o programa agora é exibido fora do Decora, ao longo da programação do canal. E eu tô é bem feliz de porte continuar dividindo com você os projetinhos que invento por lá. :) Clique na imagem para assistir ao vídeo completo:




Imagens: frames do vídeo do site do GNT

Um comentário:

  1. Grazi Construindo Minha Casa C2.5.15

    Oi Tha!

    Muito legal!!!

    Beijos!

    "Construindo Minha Casa Clean"

    ResponderExcluir