Amor e cola cola quente (reaproveitando embalagens longa-vida)

27/03/2013

Caixa de leite + cartolina + palitos de picolé. A primeira coisa que deve vir à sua cabeça ao fazer essa conta é: "Vixe, a Thalita agora tá revirando lixo de jardim de infância".  Ainda não cheguei nesse ponto não apesar de estar quase lá. Se bem que... passando o olho de novo, a combinação de materiais aí de cima tem tudo pra se transformar num típico trabalhinho de escola, né? Sabe aqueles projetinhos assim, mais pra lá do que pra cá, com acabamento duvidoso e gosto idem? Pois é. Mas o que fazer com as danadas das caixas de leite? O que fazer com as que eu vivo jogando no lixo? Pois não é de hoje que essa questão fica aqui martelando. "Uma casa!" - pensei, certa vez. "Uma casa de passarinhos!" - daquelas com janelinha para colocar sementes ou frutas, sabe? Não demorou muito pra cair a ficha: moramos em andar alto e poucos pássaros chegam até aqui. Talvez os supersônicos, sei lá. A ideia foi pra gaveta, e algumas caixas de leite seguintes para o lixo.

Foi então que, um belo dia, um simpático recorte de papel manteiga deu - literalmente - uma luz: por quê não uma luminária? "Luminária? É, é? Sei não...". Confesso que duvidei. Mas o amor e a cola quente têm dessas coisas né? 


1 >> Desenhe uma janela em uma das laterais da caixa e faça o recorte vazado. 
2 >> Com fita crepe, cole um recorte de papel vegetal (ou manteiga) para cobrir a janela.
3 >> Levante as abas da parte superior da caixa para que elas formem uma espécie de telhadinho e cole um pedaço de cartolina para fazer a estrutura.
4 >> Recorte um pedaço de papel de presente, scrapbook ou tecido adesivo e cole ao redor de toda a caixa. No caso, usei tecido adesivo!
5 >> Com a ajuda de um alicate, corte os palitos de picolé no tamanho desejado e cole-os lado a lado, formando seu telhadinho. A cola? Sim, ela, a cola quente.
6 >> Abra o fundo da caixa e encaixe um bocal de uma lâmpada pequena e menos potente (de uns 40W). Esse kit fio + bocal pode ser encontrado pronto em lojas de materiais elétricos ou construção! Eu não precisei fixar a lâmpada no interior da caixa. O próprio fechamento do fundo faz isso. Se você não encontrar essa ligação para a lâmpada, pode usar um pisca-pisca, desde que eles não fiquem em contato com o papel manteiga.
7 >> Gosta de mais frufru? Então mais frufru para enfeitar! Flores, botões e outros acabamentos, como e quanto quiser. Como aqui a casa também é de moço e uma casinha vermelha de bolinhas já começa a se enquadrar na categoria semi-abuso, resolvi ficar só com essa plaquinha de metal que garimpei certa vez numa feirinha de antiguidades, e com uma fita dourada na base. Para colar tudo? Também ela, a cola quente. 


E quer saber? Ficou com cara de projetinho de escola? Olha... acho que no fundo... sim. Um pouco. Ficou mais pra lá do que pra cá? Ficou foi meio lá, meio cá, confesso. Mas que ficou puro amor, ah, isso ficou. Não ficaria lindo no quartinho dos pequenos? :]







Ideia para Páscoa em Papel Maché



Meia noite. Chego em casa do trabalho. Cansada? Ná... magina. Vale um banho? Vale. Vale uma janta? Vale. Vale uma olhadinha no e-mail do Casa? Ah... se vale. Sempre vale. 

Dessa vez, quem alegrou a noite foi a Mariana Piccoli que trabalha no Núcleo de Desenvolvimento de Projetos em Papel, que fica dentro da Gráfica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. 

Psiu... ei... ô... presta atenção que a causa é nobre e bem que podia ser adotada na sua faculdade / empresa também. O objetivo principal do núcleo é reutilizar as aparas de papel que sobram da gráfica, desenvolvendo produtos dos mais variados tipos, que possam ser ensinados em projetos de capacitação para ONGs e comunidades. A Mari é mestranda em Design na mesma faculdade e seu trabalho no núcleo, junto com a colega Alice Meditsch, é esse: reciclar, recriar e repassar conhecimento e inspiração para que outras pessoas possam fazer do artesanato uma profissão. 

E, com a Páscoa se aproximando, o tema do projeto do mês não poderia ser outro! A técnica? Papel Maché, que parece ser um bicho de sete cabeças, mas a Mari garante: "Basta não querer brigar com a massa". E explicou: "Não precisa forçar a massa para que ela fique lisa, trabalhe com paciência que tudo vai dar certo!". 

Apesar de parecer complicado, esse é um dos poucos projetos que você consegue fazer com o que já tem em casa: sobras de papel, água e cola. Aliás, a cola não precisa comprar, viu? "Fazemos a nossa cola de farinha, que é muito mais econômica e ecológica" - ensinou a Mari. Ai, Mari, vem cá, vem... :)






STD (Serviço de Tiragem de Dúvidas):

> Não tem a receita para fazer a massa de papel maché? Tem uma boa aqui.
> A cola de farinha também, né? Anote:
Ferva 1 1/2 xícara de água. Dissolva 2 colheres de farinha de trigo em 1/2 xícara de água fria. Depois de bem dissolvida, despeje a mistura na água fervente. Mexa sempre e por 10 minutos até ficar com consistência de mingau. Retire do fogo, acrescente 1 colher de sopa de vinagre de maçã e mexa bem até incorporar completamente. Deixe esfriar antes de usar.
> Para colorir a massa, use corante líquido, desses que usamos para tintas
> Para fazer o molde, estique um quadrado de filme PVC sobre a mesa e faça um desenho com caneta permanente. Trabalhe sua massa dentro do desenho, como se fosse uma forma.
> Para alisar a massa, use a parte côncava de uma colher de sopa.
> Deixe secar e pinte sua peça com tinta acrílica. 

Quem também quer dar um duplo abraço carpado-apertado na Mari pela inspiração? Aliás, não só pelos mimos de Páscoa mas, principalmente pelo projeto que ela e a Aline desenvolvem lá no Sul? A hora é agora. :)

Ideia de Páscoa para atrasadinhos (ainda dá tempo!)

25/03/2013

A vida tá corrida? A grana tá curta? Bem vindo ao meu mundo. Aliás, bem vindo ao mundo de muuuita gente. :) Quer dizer então que você ainda não correu atrás de uma lembrancinha de Páscoa para os mais queridos? Não quero te desesperar não... mas a Páscoa é em menos de uma semana, e ainda temos feriado por aí... pois é. Espero que esse ano você se liberte do tal do "Não repara não, é só uma lembracinha...". Em vez disso, você merece entregar um presente todo prosa, com a certeza de que você fez o seu melhor.

Na semana passada, dividi por aqui algumas ideias de presentes. Passou batido? Então reveja aqui. E agora, contamos com um reforço da Zilah que é só <3.

Vai, Zilah, mostra pra gente, mostra... :)


*************************************************************************

Oi oi... O coelhinho da Páscoa das coisinhas veio dar o ar da graça, ou melhor, da Páscoa por aqui também! \o/

A ideia desse post é que ele se encaixe na categoria dos Presentes Singelos, é ser daquelas coisinhas feitas quando sobra amor e carinho e muitas vezes falta grana.



Além de tudo, imagina ganhar na Páscoa um presente que depois pode ser usado o ano inteiro e que não acaba rápido feito os chocolates?

Fazer caneca pintada com caneta para porcelana é fácil, muita gente por aqui já deve saber de trás pra frente, mas uma caneca pintada e orelhuda, a gente mostra como faz logo aqui embaixo!

Você vai precisar de:



 - 1 caneca de porcelana branca ou da cor que você preferir (acabei de pensar aqui que ela coloridinha deve ficar linda!)
- Caneta para pintar porcelana (Compactor Creative Marker)
- Um lápis
- Um pedaço de tecido de algodão – 15cm de largura x 30cm de altura
- Um pedaço de feltro
- Cola para pano
- O forno da sua casa



Vamos começar pela caneca. Primeiro desenhe o rosto do seu coelho com o lápis, se precisar a pagar, basta esfregar o dedo por cima. Quando o desenho com lápis estiver pronto, é só passar a caneta por cima.

Depois é só levar a caneca ao forno aquecido a 160ºC durante 90 minutos. Não precisa de preocupar, pois ela não racha. A não ser que você dê um choque térmico nela. Nem pense em passar água para esfriar e cuidado com superfícies frias. Ah! E lembre se proteger bem as mãos para tirá-la do forno, ela sai muuuuiito quente!

Enquanto sua caneca está no forno, você vai preparar as orelhinhas do coelho.


Primeiro você vai passar a cola em 08cm (pode variar de acordo com a altura da sua caneca) das bordas do pano e formar uma bolsinha.


Depois desenhe uma orelha do coelho, dobre o pano ao meio e corte para as duas orelhas saírem iguais.

Desenhe a parte interna da orelha em um pedaço de feltro (ela deve ser menor do que a orelha toda).



Corte o feltro e cole por cima da orelha do tecido de algodão. Atenção nesse passo: cole no que seria a parte de trás da orelha, pois a bolsinha ainda não foi virada. Está quase pronto!



É só esperar a cola secar um pouquinho e virar a bolsinha.


Provavelmente, quando sua bolsinha ficar pronta, a caneca ainda estará no forno. Daí é só cronometrar direitinho, e quando a caneca sair do forno e esfriar, basta colocar a orelhinha, que também é um porta bombons, dentro dela!



No fim é só completar com o recheio de sua preferência, ou da preferencia da mãe, do irmão, do namorado, da vizinha, da prima, do filho... serve de presente pra todo mundo!



O que tem de simples, tem de encantador!

Zilah é nossa colunista da seção Coisinhas de Colorir e, lá no blog dela, o Dona das Coisinhas, tem mais ideias de presentes para a Páscoa! Se eu fosse você, não perdia. :)




Aqui se mora: a chegada do(s) bebê(s)

17/03/2013


Era uma vez uma casa. Tudo em ordem, no lugar certo. Dois moradores, Tatiana e Marco. Começo de casamento, paixão, muito espaço, um escritório, um pequeno ateliê, festas regadas à vinho. Até que um exame médico anunciou que viriam para suas vidas duas pequenas (grandes) mudanças: Maria e Isabella. Gêmeas de parar o trânsito (do parquinho), tamanha simpatia. Riem de tudo, brincam com todo mundo, protagonizam um dos blogs mais fofos que já conheci e, é claro viraram a casa e a vida daquele casal lá do começo da história de ponta cabeça. O resultado: duas pessoas imensamente mais felizes e realizadas, e uma casa com muito mais vida e amor. Menos um escritório, menos um ateliê, menos um barzinho na sala, menos um chão sem 100% de possibilidade de pisar em algum objeto multicolorido. Menos monotonia.
Tudo dobrado. Da alegria à bagunça. E vamos combinar, com um apartamento lindo desses, e com esses quatro olhinhos sorridentes, quem repara na bagunça?

Ficha técnica

Quem mora: Tati, Marco, Isabella e Maria

Local: Apartamento na Asa Sul (Brasília)


O que fazem: Ela é jornalista, blogueira e dona da Loja da Família Moderna. Ele é bancário e roqueiro.

Definição do espaço: Meio vintage, meio moderno e, agora, super preparado para o entretenimento das duas pequenas

Peça favorita: Os berços, a cômoda dourada pintada pelo pai, o frigobar vermelho como mesa de cabeceiraas poltronas (ela as achou jogadas em um depósito quando morava no Paraguay, mandou reformar e agora são xódos da casa)

Ambiente favorito: Sala e quarto das meninas

Falta ainda: Um tapete maior pra sala

Inspiração: A mãe Vera - decoradora nata cheia de boas ideias















São muitas, muitas fotos. E são todas muito, muito lindas! Veja a galeria completa abaixo:




Maria Fernanda Seixas escreve a coluna "Aqui se Mora" e é dona do blog Quero Ser VintageQuem quiser ver o apartamento da família da Tati antes da chegada dos bebês, passa !



Ideias para a Páscoa

15/03/2013

Sabe por quê eu tô aqui hoje? Porque se essa sexta começasse sem a seção Presentes Singelos no ar eu mudava de nome, juro. Já estava aflita aqui para dividir algumas ideias felizes para a Páscoa, que já tá logo ali! 

Como chocolate é o que não vai faltar nesse período, resolvi reunir inspirações que vou apelidar de "Off Cacau". Nada contra os chocolates, longe disso! <3 Mas imagino que você já está contando com o dito cujo, né? Por isso, vamos falar de ooooutros presentinhos singelos. Aqueles que não de comer mas sim de guardar com carinho pra admirar (e usar) quando quiser!

Então aproveita que o post tá em falta de chocolate e pega lá na cozinha aquele ovo que já começou a devorar que eu bem sei... se eu quero um pedaço? Não, obrigada! Tô aqui com o meu também rs...



Sabe aquele retalhozinho lindo de viver que sobrou, mas que não é grande o suficiente para fazer um projeto novo? Pois nessa ideia aqui vai sobrar tecido... e fofura! Dá para costurar à mão mesmo e rechear com areia para transformar em peso de porta. Se você não se sentir confortável para fazer os olhos e nariz com bordado, tente usar miçangas pretas para os olhos e um recorte de feltro para o nariz, que tal?

Ah, imagina também fazer uns sachês de cheirinho para gavetas? É só trocar a areia por espuma perfumada com uma essência em gotas. 

Ideia daqui.




Se não podem faltar coelhinhos na Páscoa, também não podem faltar orelhinhas! Gamei nesse lenço que simula as tais. O modelo rosa não possui arame, pois é feito com um tecido mais encorpado, como um feltro por exemplo, além disso, tem um corte no tecido do especial, que acaba dando essa forma, espia só. Já as duas faixas na parte de baixo são feitas com duas tiras de tecido costuradas com um arame no meio! Assim, é so dar uma torcida no topo da cabeça e arrumar as pontinhas como orelhinhas. Senti firmeza, literalmente. E que tal passar dois fios de arame por uma tiara de cabelo, formando orelhas vazadas? Depois, é só encapar tudo com tiras de tecido, envolvendo toda a peça!

Ideias daqui e daqui.


Pra mim, toda data especial é data de fazer almofadinha... vai entender! E essa aqui é bem simples, ainda mais se você já tem alguma almofada lisa em casa! A graça está na aplicação de um retalho cortado em forma de coelho. Dá pra costurar? Si. Dá pra colar com cola para tecido? Oui. Dá pra colar com fita de colar bainha? Yes. Ah, e a moça dona da ideia ainda disponibiliza o molde para download. Gradicida, viu? :)

Ideia daqui

Já que já temos um molde mastigadinho de coelho, que tal dar um presente para deixar uma cozinha mais feliz? Basta comprar uma folha de imã, daquelas que são autocolantes, sabe? Aí você cola o tecido nessa folha e usa o molde para fazer seu recorte. Fácil ou não é? Lindo ou não é?

Ideia e montagem: Casa de Colorir. 



Ok ok... não vamos falar de chocolate mas vamos falar de outras gostosuras dessa vida. As embalagens em caixas de ovos moram no meu coração. Sei que muita gente já deve ter visto essa ideia, mas eu simplemsmente não podia arriscar por quem ainda não tinha visto isso. Simplesmente não podia, se é que você me entende. Por isso, se for embrulhar gostosuras, não se esqueça da amiga caixa de ovos. Com tinta e intenção, quem sabe o presenteado não acaba gostando tanto que até guarda com carinho a embalagem para servir de porta-joias ou outras miudezas? Forcei a barra agora? É amor. :)

Ideias: Pinterest


Tá feliz com o post? Pois ele pode sempre melhorar, né? É que gostaria que, de alguma forma, o blog pudesse dar um empurrãozinho extra para que você coloque a mão na massa nessa Páscoa. Por isso, lá fui eu pedir presente pra vocês... rs Conversei com a equipe do Panólatras e escolhi essa estampa para algum empolgado por aqui! Eles, com todo o carinho, vão nos presentear com três unidades dessa estampa linda aí do lado!

Quer ganhar? Então me conta... como você vai colocar a mão na massa nessa Páscoa? O que pretende fazer e por quê? Vou ler todas as respostas com carinho e escolher a favorita! Quer ganhar a sua estampa? Então você precisa prometer que vai, de fato, colocar a mão na massa e enviar as fotos dos projetinhos realizados antes da Páscoa, claro! Suas fotos vão virar um post especial aqui na seção "Presentes Singelos". Então capricha... olha a responsa, hein. :)

Regrinhas da brincadeira:

- Não esqueça de enviar seu e-mail junto com a resposta, para que eu possa entrar em contato rapidamente!

- Vou considerar as respostas enviadas aqui nos comentários do blog, realizadas entre os dias 15 e 16/03. 
- A resposta escolhida será divulgada no dia 17/03, às 13h.
- Quanto mais cedo o ganhador informar seu e-mail, mais tempo ele terá para fazer o seu projeto até a Páscoa!

OBS: Esse não é um post patrocinado. Eu pedi, a Panólatras foi parceira e atendeu meus desejos com todo carinho. 

**************************************************************************************

Atualização: a resposta escolhida foi a da Juliana, que vai fazer mimos personalizados para as moças e para os moços! Queremos ver as fotos, hein Ju!


  • A caixa e o carinho

    08/03/2013





    Hoje fui na Cadeg comprar caixas de feira, coisa que não faço há quase dois anos. Reencontrei o Baiano, o responsável pelo reparo e revenda das caixas de madeira que abastecem as principais feiras e mercados produtores do Rio. Estava lá, com sua cabecinha branca, sentado na brecha de sombra. Me aproximei e disse: Eii Baiano, como você tá? Quanto tempo... lembra de mim? Ele disse: claro! Na mesma, hora, abriu a carteira e mostrou o primeiro cartão de visitas do Casa de Colorir que ele ganhou anos atrás quando nos conhecemos. No fim das contas, comprei as caixas de feira que tanto queria e, ao me despedir, ele me chamou no cantinho: "tenho um presente pra você" e me entregou uma dúzia de goiabas e laranjas embrulhadinhas com capricho. Engoli o choro, sorri, agradeci e aceitei com muito gosto. Não preciso de mais nenhum presente em 2013. Coração já tá bem e cheio. ♥

    Sabe quando eu conheci o Baiano e dei o cartãozinho do blog pra ele? Não? Então não perde esse vídeo aqui, de abril de 2011.

    PS: Mal sabe ele... mas saí de lá hoje pensando: essa caixa de feira que tô levando hoje já tem destino certo - ou melhor, retorno certo. Pois vou transformá-la num movelzinho e dar de presente para uma pessoa pra lá de especial .

    Volto pra contar, prometo. :)


    Apimentando a relação

    06/03/2013

    Como qualquer outra, um dia ela acaba esfriando. E quer saber? Em muitos casos, chego a arriscar que ela já começou fria assim. O contato intenso e diário, nos bons e maus momentos, favorece esse desgaste quase inevitável. Ela até pode mudar. Mas não adianta, não vai fazer isso por conta própria.

    A essa altura você deve estar pensando: “Papo pesado esse, eu hein… E isso lá é hora de discutir a relação de cada um? Mal te conheço, moça…”. Olha, me desculpa pelo mal entendimento, mas não vou me atrever a falar da minha e tampouco da sua relação amorosa. A relação a qual me refiro é a que temos com a nossa casa. Decoração… pois é: é dela que falo no comecinho do post... :)

    Como está sua relação com a sua casa? Esfriou? Nunca foi caliente? Seja como for, tá precisando dar uma apimentada, né? Aquela decoração que um dia já foi linda, agora não te encanta mais o olhar? Todo mundo tem uma parte da casa pela qual não morre mais de amores. Você sabe, lá no fundo, que aquele canto poderia mudar pra melhor, mas supervaloriza essas mudanças. Tudo parece tão trabalhoso, tão caro, tão difícil, que “adiar” vira o verbo da vez. Mas se for pra adotar um verbo, vamos adotar um com o qual você acabe no lucro? Porque não dá pra sair ganhando com o tal do "adiar". Então sai o preguiçoso e entra o corajoso: renovar. O mais otimista e democrático dos verbos. Afinal, tudo vale, se for para o bem. Aliás, se for pra ter uma regra, que seja essa.

    E que tal começarmos renovando a danada da expectativa? No fim do dia, você percebe que a graça toda está nas pequenas coisas, nas surpresinhas, nos detalhes, na história que tem por trás de cada pedaço da sua casa. Se for parar pra pensar, o mesmo conjunto de coisas que faz com que você se apaixone por alguém. E isso vale também pra nossa casa. O que a gente tá precisando é se reapaixonar por ela. Mas essa paixão só vai bater de novo à porta quando aceitarmos a ideia de que a felicidade não está em muita coisa em que você acha que está, mas em coisas talvez que você não precise nem comprar.

    Enxergar potencial no que já é seu e fazer acontecer para tornar algo melhor e mais belo é, sim, uma prova de amor. E isso vale não só para as relações amorosas, como para tudo mais que estiver debaixo do nosso teto. Ou seja: a nossa, tão nossa casa.