Carregando...

Sua casa, seu espelho

06/02/2013


Quando uma mulher fecha um ciclo na vida – o fim de um relacionamento amoroso ou uma mudança de emprego, por exemplo – não demora para que ela desenvolva um desejo fora do comum de mudar o cabelo. Ou seria todo o guarda-roupa? Ou seria tudo junto, ao mesmo tempo, em pouquíssimo tempo? Nada mais feminino que este desejo explosivo de renovação que nos atinge, nos faz querer virar a página e recomeçar. “Vida nova, cabelo, visual… tudo novo!”, como se o que estivesse no lado de fora fosse o impulso que faltava para promover esta mudança que queremos no lado de dentro. Renovar: por que este desejo está tão ligado ao nosso reflexo no espelho? E se a nossa própria casa fosse o nosso espelho? Hum…

Quando mudamos o nosso exterior, mudamos a forma de como o mundo nos vê, por mais que, por dentro, sejamos as mesmas. Quando mudamos a nossa casa, mudamos o jeito de como vemos o mundo. Ou, pelo menos, de como começamos a vê-lo. Por isso, se você muda o seu olhar, é natural que o ambiente em que você vive mude com você. Com o tempo, a gente aprende que ele precisa de cada vez menos espelhos e mais atenção. Afinal, se for pra refletir, que seja você por meio da sua casa.

Nós mudamos de gostos, de amores e até de opinião. Nada mais justo que a sua casa mudar junto. Nós passamos pelas fases floridas, pelas sem cor, pelas nostálgicas e até pelas menos ou mais apaixonadas. E sua casa, segurou a onda com você? Não? Pois deveria, na minha humilde opinião. Se você fez uma viagem que mudou a sua vida, por que não pintar uma parede com uma cor que te traga lembranças? Está apaixonada? Então mais flores, por favor.

E não vamos nos limitar somente à decoração, não! Novos hábitos também são formas de se reciclar. Está numa fase mais ativa? Então escancare a janela e deixe o sol entrar. Acorde cedo, monte um cantinho charmoso para o café da manhã. Se a fase for de estudos, reflexão e aprendizado, permita-se um espaço dedicado a isso. Mude, se reinvente, reconte a sua história quantas vezes precisar. Só não se esqueça de levar a sua casa de mãos dadas com você.

Sabe quando você olha para as suas fotos antigas e se assusta com aquele cabelo ou com a blusa de moleton? Pois é. Você lembra também como você era livre, leve, solta, feliz e nem tinha noção de que podia estar sendo um tanto cafona? Fico pensando por quê você não dá esse direito também para a sua casa. Mude sempre que você quiser mudar. Olhe as fotos do "antes" e ache graça de todos os cantos que não têm mais nada a ver com você. E relembre.... relembre o quanto o tempo passou, o quanto você aprendeu, amadureceu, sorriu e sofreu. E, principalmente, o quanto a sua casinha sempre esteve ali, de braços abertos, acolhendo e traduzindo você!






Essas são algumas fotos de mudanças aqui do cafofo nos últimos tempos. De casinha de "boneca", virou uma casinha de família, com direito a marido príncipe e uma peludinha pra lá de especial. O rosa deu lugar a outras cores mais democráticas, já o tapete de tramas deu lugar a um tapete à prova de mordidas. E assim a casinha vai mudando... trocando uma cor ali, um estampado acolá... 

Se eu vou olhar para essas fotos daqui a um tempo e vou torcer o nariz, isso eu não sei. Mas tenho certeza que carregarei na lembrança que a nossa casinha sempre esteve de mãos dadas com a gente. E a sua?


27 comentários:

  1. Graci Santos6.2.13

    Minha casa não tá nada do jeito que eu quero. To tentando mudar aos poucos, optando pelo famoso "decore gastando pouco" mas tá difícil! Tem coisa que tem que comprar, ma$ você $abe como é, né! uaheuaeuhae

    Enfim, adorei as transformações!

    Beijos,

    adoravelmente.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parabéns Thalita pela seu trabalho,ficou lindo seu cantinho as trasformações dos espaços são bem visíveis com seu toque pessoal e de muito bom gosto;e também por vc mostrar que pode-se fazer muito com pouco, apenas tendo ideias geniais e de muito bom gosto.Que suas ideias sejam sempre simples,originais e luminosas.Beijos!

    ResponderExcluir
  3. disqus_GOJuQuwgR96.2.13

    Ninguém nunca entendeu a facilidade com que mudo a cor das paredes, ou o estilo dos quadros, dos vasos e os tipos das flores... É isso... Adorei!
    jugalante@ig.com.br

    ResponderExcluir
  4. Lendo esse texto me passou tanta coisa pela cabeça!



    A reforma do quarto ano passado e como eu mudei de lá pra cá, o sentimento que tenho de que toda vez que o quarto está bagunçado a minha vida também está, a resistência da minha mãe em reformar a casa talvez por vontade de manter algumas coisas do passado vivas e a nova casa aí no Rio que é uma tela em branco pra começar a pintar!


    Acho que nossa casa diz muito mais sobre nós mesmos do que imaginamos... caiu muita ficha aqui agora! hahaha


    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Antes de mais nada Thalita gostaria de dizer que amo seus trabalhos,acompanho,antes do blog, o programa decora e nem liguei o nome a pessoa até que a ficha caiu,kkkk. Enfim parabéns pelos lindos trabalhos e por este texto que traduz bem nós mulheres!! abarços

    ResponderExcluir
  6. Carla Marchesini Taques7.2.13

    Thalita, parabens pelo texto, lindo!! Traduziu perfeitamente em palavras mtos sentimentos...Quanto mais leio seu blog, mais gosto de vc, mesmo nunca tendo te visto pessoalmente, vc eh uma fofa!! Vida longa ao casa de colorir! ♥

    ResponderExcluir
  7. Rafa7.2.13

    Demais, eu tbm adoro mudança, de vez enquando mudo alguma coisa na casa, a disposição de um móvel no quarto, uma parede muda de cor...adoro essa possibilidade de mudar!! E menina, que taleeeeeento, que coisa linda!! Lindo de ver :) Desejo muito sucesso pra vc, e te mandei um e-mail com um DESAFIO! Criar alguma decoração ou um objeto com baquetas de bateria! Queria presentear meu namorado que é baterista profissional com algum presente criativo e com a cara dele!! hehe obrigada!! beijosss

    ResponderExcluir
  8. Marion Creutzberg7.2.13

    Ah, sim, estou sempre mudando... Lindas as tuas mudanças!

    ResponderExcluir
  9. Post muito legal! Parabéns "xará"!!!

    ResponderExcluir
  10. Thalitaa! Cadê o post pra contar a história desse 'banco' com almofadas violetas da varandinha?? Passou e eu não vi?.. :( amei! tá lindo!

    ResponderExcluir
  11. Anelise7.2.13

    Parabéns pelo post, Thalita! Adorei! Você é inspiradora, e seu blog é meu companheiro diário! Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Silvia André de Oliveira7.2.13

    Oi Thalita, cheguei aqui por indicação da Tami, amei seu post e a forma de se expressar, você é daquelas pessoas que tem o dom de transformar, vi a parede em patc e simplesmente amei, parabéns pelo blog e por compartilhar conosco tudo isso, também gosto de mudar e reciclar.
    Bjs.
    Silvia.

    ResponderExcluir
  13. mariana7.2.13

    lindo texto, a minha tá sempre mudando de pouco em pouco tb.
    bjos

    ResponderExcluir
  14. gerliane cabral moreira7.2.13

    ahhh não quero ser dessas que pra tudo diz: Tá lindo!! Mas sinceramente, de todo modo ficou bonito... Acho que a mudança na decoração das nossas casas é muito mais gradativa e lenta que a do cabelo, do guarda-roupas etc... e tem mais um diferencial: ela carrega muita história, decoração de verdade, com amor, com a nossa cara nunca é comprada pronta, ela vai se transformando junto com a gente né?

    beijinhos

    ResponderExcluir
  15. Elaine Avelino7.2.13

    Amei o texto! e não poderia vir em melhor hora... esse mês mudei todos os móveis de lugar e comecei a montar um cantinho de estudo e trabalho bem mais minha cara, inspirada nas dicas e faça-vc-mesmo do blog! Muito obrigada pelas palavras e por dividir tudo conosco! bjusss

    ResponderExcluir
  16. Thalita adorei esse texto. Como você consegue escrever um único texto, uma única história, mas que se encaixa na vida de tantas pessoas? Bateu um sentimento bom aqui no peito por quê é pura verdade - " Eu amo o espelho aqui de casa ou será a minha casa espelho". Bjoooo.

    ResponderExcluir
  17. Debora tamyres7.2.13

    Ainda vo montar a minha sab, mas quero ela a minha cara e a cara do meu noivo ,nada melhor q ter algo q digam a sua cara isso tudo..... Bjos amo seu blog

    ResponderExcluir
  18. Priscilla Cordeiro Bragança8.2.13

    Thalita, é por isso que eu AMO vir aqui. Porque, de alguma forma, você tem esse dom telepático (oi?) que faz com que tantas pessoas se encaixem na sua história, e aí, vira nossa história! Isso não é lindo?

    Essa semana fui perambular na Saara em busca de cor pro meu escritório (que é na minha casa), reciclei garrafas de cerveja e sabe o que mais? Aquele calendário lindo que eu imprimi está morando em um porta-dvd reciclado!!!

    Agora, tem um cadinho de Thalita aqui na minha mesa, olhando pra mim enquanto eu trabalho!! :D

    Um beijo, garota!

    ResponderExcluir
  19. Comigo tá sendo engraçado. Renovei o contrato de aluguel e deu uma vontade de mudar tuuuuudo de novo...rsrsrsrsrs
    Como tudo que vc escreve, sensacional!!!

    ResponderExcluir
  20. Lucio9.2.13

    Não dá para terminar de ler e se deslumbrar com esse post sem um ''nó na garganta''. Thalitinha, além de tudo é EMOÇÃO das boas. Parabéns pelo sentimento que traduz nas palavras, cores e decorações.. Obrigado por preencher nossos dias com mais vontade de viver. Essa é sua maior e mais linda responsabilidade. À você, apenas três palavras desejo: Sucesso e saúde, sempre!

    ResponderExcluir
  21. Vitória9.2.13

    Thalita, texto incrível este teu. Concordo plenamente com tuas palavras. Passei um ano fora e agora que voltei para casa já vi ela de outra maneira. No dia seguinte ao que desfiz as malas, já corri mudar meu quarto, pintar alguns móves...é que estou pensando no ano que tenho pela frente. Encarei como uma nova fase. Acho que o espírito é bem esse, afinal de contas.

    Abraços
    Vitória - Casa e Décor

    ResponderExcluir
  22. raquel12.2.13

    Acho impressionante como uma pintura pode mudar tanto um ambiente. É uma forma rápida e economica da renovar a decoração.

    Estou curtindo seu blog e se quiser retribuir:

    www.modaacessivelounao.com

    Beijokas

    ResponderExcluir
  23. Amei ver essas fotos e o quanto é gostoso fazer mudanças...

    ResponderExcluir
  24. marcialira13.2.13

    Que post lindo, meu deus. São coisas que nunca tinha pensado, mas adorei saber porque estou justo na fase de achar meu canto, procurar apartamento, e montar tudo de mãos dadas comigo :)

    ResponderExcluir
  25. Marília Vieira17.2.13

    Sempre fui louca por decoração e outra delicadezas que podem mudar completamente a cara de um ambiente, e por isso, sempre fui fã do Casa de Colorir.
    Há muito tempo que planejo redecorar tudo em minha casa, no entanto, gosto muito de muitas coisas diferentes, e por isso sempre tive medo de transformar os ambientes no amontoado de posteres, adesivos, referencias retrô e nerdices que minha cabeça é, mas, desde que comecei a prestar mais atenção nos detalhes e nas dicas daqui, acabei - meio que - montando meu projeto. Assim que conseguir terminar tudo - e se o resultado for bom - quem sabe eu crie coragem de compartilhar por aqui! ahahahahahahaha

    ResponderExcluir
  26. Oi Thalita!

    Tenho de te falar, fiquei muito emocionada com seu post, pois estou
    justamente nessa fase, fechando um ciclo da minha vida, ciclo este que
    não imaginaria que fosse um dia fechar. Então fiz exatamente isso, mudei
    o cabelo, estou desapegando de roupas e acessórios e quero muito também
    dar uma mudada na casa. Mas parece que para mudar meu cantinho, falta
    força sabe? Não sei explicar, mas por mais ideias que eu tenha,
    raramente consigo por em prática.

    De qualquer forma, muito obrigada por esse post e por esse alerta.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Gilmara Joanol Arndt12.7.13

    Como amei esse texto! Que linda você é!

    ResponderExcluir