Retrospectiva 2012

29/12/2012



Esse tal de fim de ano é um verdadeiro deleite para quem é chegado numa retrospectiva - aliás, tô aqui assistindo a uma agorinha mesmo! Quando a gente para para ver o nosso ano inteiro passar na nossa frente assim, em 1 hora, parece que tudo o que foi vivido não poderia caber em míseros 12 meses, não é mesmo? Conquistas, perdas, alegrias, tristezas, surpresas e aprendizados... e não é que, no final, a gente dá conta? Pois é. E 2012 me ensinou isso. Eu só tenho a agradecer a vida, a sorte, a amizade, a força de vontade, e sobretudo, ao amor. Amor pelo o que eu faço e pelas pessoas que me cercam. 

É uma delícia pensar que esse humilde blog, de certa forma, fez parte da sua vida em 2012. E por isso, resolvi fazer uma retrospectiva dos acontecimentos mais marcantes do Casa de Colorir na minha opinião. Se você, assim como eu, não resiste a uma retrospectiva, pegue um café e chegue mais, chegue... :)

PS: As palavras sublinhadas são links para os posts relacionados.



Nessa época, só a família sabia, mas foi em janeiro que as gravações do Decora começaram. Frio na barriga, na espinha, borboletas no estômago... escolha a expressão que desejar, pois todas se encaixam. Percebeu que no post cheguei a falar do projeto da cômoda, mas não tive coragem de contar o que vinha pela frente? Vergoinha danada, gente. Mas passou. Um pouco. :)



Foi em fevereiro que esse xuxu entrou em nossas vidas. Essa mesinha garimpada na Feira da Praça XV é um dos meu xodós e chegou pra ficar (em casa e no coração).



A blogueira que vos fala resolveu se jogar nas agulhas e linhas e aprendeu a costurar.  Foi também em março que parede do sofá começou a tomar forma sob os olhos exigentes do Lê. Até posso dar pitaco, mas nesse território quem manda é ele.



No dia 05 de abril o Decora estreou sua nova temporada e eu tive a sorte e o prazer de passar a conviver com essa pessoa linda e iluminada aí da foto: Bel Lobo. 



A cozinha era rosa. E de moça. Ele não gostava do rosa. Mas não falou nada sobre o quesito "de moça". Então ficou assim. :)

Em junho a nossa amada seção "Presentes Singelos" foi oficialmente inaugurada. 



O mês do meu aniversário foi cheio! Tive o prazer de ajudar a organizar o chá de panela da melhor amiga, Fern. Além disso, o sonho de realizar a primeira Oficina do Casa de Colorir foi realizado! Não podemos esquecer também do post que foi recorde de comentários do blog esse ano: Ah, se eu fosse rica... :)




A 2a oficina do Casa de Colorir ganhou mais amigos e foi só diversão. Que dia abençoado...!



A grande amiga do chá de panela casou e eu também tive a felicidade de ajudar na decoração da cerimônia. Além disso, nossa seção Casa de Cueca voltou com tudo, agora com reforço do Edu!


Olha só onde as oficinas foram parar: dessa vez, lá no Morar Mais Por Menos! Entre outros projetinhos, ensinei a fazer essa luminária de colheres de plástico, lembra? Outubro também foi o mês em que a Frida entrou na nossa vida. Preciso dizer mais? Sim! Tive o prazer de abrir as portas dessa Casa de Colorir para mais 2 colunistas porretas: A Zilah com suas "Coisinhas de Colorir" e a Maria Fernanda, com sua coluna "Aqui se Mora".



Em novembro, tive mais uma feliz comprovação do que a amizade e boa vontade são capazes quando trabalham lado a lado. Orgulho sem tamanho!



Dezembro foi está sendo o mês de recarregar as energias e.... me divertir. Simples assim. Afinal, todo mundo merece um tempinho de férias, né! Uma escapadinha rápida para Buenos Aires foi o suficiente para descansar e mimar os olhos com muita inspiração! Não poderia fechar o mês sem mencionar a feliz oportunidade de conhecer a Fátima Bernardes e dividir com ainda mais gente um pouco das nossas ideias aqui do nosso blog. Foi um tremendo presente!

Ufa! E foi. Ou melhor, tá indo. 2012 tá logo ali, dobrando a esquina e se despedindo. E eu? Eu tô aqui, sorrindo e acenando de volta feliz, realizada e grata, muito grata. Eita ano bem vivido!

Do fundo do meu coração, desejo que o seu ano que está prestes a começar seja de muita luz, união, amor, saúde e inspiração. Que você não tenha medo de sonhar alto e que não te falte garra, energia e dedicação para realizar tudo que você desejar!

Seguimos juntos, sempre. 

Beijos e um 2013 deliciosamente inesquecível pra você e sua família,
Tha. :)




O fim do mundo como ele deveria ser

21/12/2012

Então o mundo acaba hoje. É isso? Se o calendário Maia foi certeiro ou não nessa conta, uma coisa é certa: o mundo todo tá sabendo que "o fim do mundo" pode ser hoje,  21.12.12. Não é isso? Agora, a causa desse tal fim é que ainda não ficou muito clara pra mim... pra você ficou?

Especulações à parte, confesso que fico impressionada quando paro e penso: "o mundo TODO está vibrando essa energia hoje..." Tentei até lembrar em quais outros acontecimentos históricos o mundo parou para se concentrar, por um dia,  em um ciclo que estava prestes ou não a se fechar. E depois de ler tanta piada nos jornais e nas redes sociais sobre o assunto, sabe o que penso disso tudo? Que é um baita de um desperdício não extrairmos, pelo menos, um benefício sequer desse acontecimento, seja coletivo ou particular.

Ninguém vai tirar da minha cabeça de que o termo "fim do mundo" é bastante subjetivo e não passa de uma interpretação. Que eu me lembre, nunca na história tivemos essa oportunidade de repensar essa questão de fim do mundo, do fim de uma era, de recomeçar do zero, assim, em escala mundial e num único dia. Isso sem falar no poder da internet e outros meios de comunicação pra espalhar essa história. Tem noção do poder desse pensamento?  Talvez os Maias até estejam certos nessa conta. Depois de tanto avanço científico e tecnológico, talvez nós é que não sejamos evoluídos o suficiente para lermos nas entrelinhas. E se os Maias soubessem que a evolução da humanidade era algo inevitável? E se eles soubessem que as consequências dessa evolução poderiam resultar em benefício ou desgaste do planeta? E se as relações humanas e a relação com o ambiente decorrentes dessa evolução se tornassem prejudiciais a ele? Para garantir a vida na Terra para civilizações e civilizações seguintes, eles já sabiam que, alguma hora e num futuro distante, os seres que habitassem o planeta deveriam se reunir e decidir se o mundo deveria ou não continuar existindo. O limite para essa decisão? Segundo cálculos que ainda não compreendemos, 21.12.12. Depois dessa data, o planeta poderia seguir ladeira abaixo ou conseguiria se estabilizar e garantir mais milhares de anos de vida para a humaninade.

Por isso, quando leio que "o mundo acaba hoje", prefiro pensar  que "o mundo pode começar a acabar hoje". Tudo depende de como vamos continuar conduzindo a vida nesse planeta. Quer oportunidade mais emblemática para que cada um pare no dia de hoje para repensar a própria vida e seu papel de formiguinha nesse todo? Tem noção do que essa onda de reflexão e possível mudança pessoal pode causar, quando realizada em escala mundial?

Não. O mundo não vai acabar hoje. Ele vai continuar. Mas finge que ele poderia ter acabado e que o mundo foi legal e te deu uma segunda chance. Como você vai retribuir?

Feliz mundo novo pra você. :)

Jarra de Receitas - Faça já a sua!

20/12/2012

Quando falo que esse blog só me traz alegrias, você acha que eu fico de mi mi mi. Só pra você entender como a coisa funciona: a pessoa faz um post e dá uma ideia de uma tal de jarrinha de receita para presentear. Até aí beleza, vida que segue. Só que, 2 dias depois, a pessoa recebe um certo e-mail que a faz sair dançando com a Frida pela sala. Sério, depois desse e-mail da Stefany, não preciso de mais nada essa semana. O mundo pode acabar amanhã que tô com o coração cheio. Bom, vamos apresentar decentemente a responsável pelo e-mail alegria: a Stefany é essa que você conhece aí à direta e me contou que já faz as tais das jarras de receita para presentear os amigos desde que ela descobriu a ideia por aqui. A sua receitinha campeã? Os cookies integrais, que ela garante ser puro sucesso entre os amigos e parentes presenteados com o mimo.

E você? Se anima em fazer a tal da jarrinha para presentear seus queridos? Pois a Stefany pensou em tudo pra você colocar a mão na massa, literalmente.

Primeiro, ela divide a receita que vai no pote:

Cookies Integrais

• 2 ½ xícaras de farinha de trigo integral
• 1 colher chá de baunilha
• 2 colheres de chá de bicarbonato
• 1 colher chá de fermento
• 1 xícara de açúcar mascavo
• 1 xícara de açúcar comum
• 40 gramas de chocolate meio amargo picado 

* A receita é para um pote com capacidade de aproximadamente 1, 2 litros.
Acha que não poderia ficar melhor? Ah, e como pode! A Stefany ainda dividiu com a gente o layout dos rótulos (e em 2 opções de cor, tá bom pra você?!). Você vai precisar dessa parte para explicar para o presenteado o modo de preparo. É só clicar nas imagens abaixo fazer o download dos seus rótulos.

Para fazer o download, clique na imagem e depois, no canto superior esquerdo, clique em FILE - Download. 


Mas é muito amor e delicadeza, minha gente! Agora vamos correr pra fazer os nossos cookies! Mas antes, vamos tratar de mandar um beijo estalado pra Stefany e agradecer a sua doçura e generosidade sem tamanho? :)


Ideias de presente de Natal para pessoas sem jeito

19/12/2012

Pois é, o Natal é semana que vem. Ainda não comprou os presentes? Já sei... tá faltando tempo. Ou seria dinheiro? Os dois? Que apuros hein meu amigo... Mas o que seria desse humilde blog se não fosse pra te ajudar numa hora dessas? A nossa seção "Presente Singelos" não podia ficar sem uma edição especial de Natal e, dessa vez, tal edição está com um gostinho pra lá de especial. O motivo? Acredite se quiser, nossa querida seção saiu da blogosfera e acabou indo parar lá no programa Encontro, onde tive o prazer de conhecer a finérrima da Fátima Bernardes. Eu, que já estava tremendo de nervoso (ao VI-VO minha gente, não é mole não rs), quase fiquei com os olhos marejados quando vi o layout do blog projetado no imenso telão do cenário! Nosso espacinho tão amado assim... estampado na tela pra esse Brasilzão ver. A vida é doida e muito generosa mesmo! Se há dois anos alguém me falasse que isso tudo iria acontecer na minha vida eu iria dar um beijo estalado em sua bochecha e dizer: "Que lindo! Vou torcer muito pra isso!". Peço desculpas para quem vai achar esse post meio ego-trip, mas o blog me ensinou que nós podemos, sim, ser do tamanho dos nossos sonhos e ter participado desse programa foi um fechamento e tanto pra esse ano de muito trabalho, dedicação e aprendizado. :)       Ai ai... é muita emoção. Mas sigamos em frente que o que não falta é história!

Quando a produção me convidou para participar do programa e dar ideias ao vivo para presentes de natal feitos à mão, quebrei a cabeça para tentar levar projetinhos que fossem à prova dos mais sem jeito. Ou seja: gente que nunca encostou numa pistola de cola quente na vida e nem pretende encostar rs. Não queria mostrar algo que a pessoa de casa olhasse e falasse: "Pô, mas isso eu não consigo fazer é nunca"! Por isso, resolvi reunir ideias com materiais fáceis de encontrar e, é claro, de manipular. 

O programa foi ao ar ontem e se você perdeu assista aqui, ó:



E aqui, os projetinhos no detalhe pra você:
1- Velas na xícara

Quebrou uma xícara, ficou com seu jogo desfalcado? Então aproveite para usar as xícaras que sobraram como velas charmosas. Tudo o que eu fiz foi derreter uma vela antiga que tinha aqui em casa (em banho maria) e despejar nas xícaras. Para o pavio, você já o encontra pronto em lojas de artesanato, mas pode usar um barbante se desejar. A bandejinha foi feita com uma tampa de caixa de MDF e pintada com tinta branca. A parte de dentro foi forrada com tecido adesivo e, na parte de baixo, apliquei uma cortiça para proteger a mesa e não escorregar.

PS: Se desejar, compre uma essência e misture algumas gotinhas na cera ainda derretida para que a vela se torne aromática! Vela com cheirinho com é outro departamento... rs


2- Bandeja de moldura

Era uma vez um porta retrato cafoninha que recebeu 2 camadas de tinta em spray verde, puxadores de gaveta para fazer as alças e um pedaço de papel de presente para colorir o fundo. Mas ó: por ser uma estrutura frágil de porta-retrato, o fundo não é resistente o suficiente para carregar xícaras e pratos de comida. Trata-se de uma bandeja porta-trecos para você colocar bijuterias, maquiagens, perfumes no banheiro ou deixá-la enfeitando um cantinho. :)



3- Almofada com bolso

Tem coisa mais querida do que uma almofadinha porta-trecos? Com um bolsinho na frente, dá pra guardar o controle remoto e até umas revistas! O passo a passo é o mais complicado entre os 6 projetinhos sugeridos, mas dá pra fazer, vai por mim! Segura na mão da cola para tecido e vai... 

Quer ver o passo a passo? Veja aqui! Tá atrapalhado mas tá valendo. :)



4- Porta Corpos de Azulejo

Azulejos hidráulicos se transformam em porta-copos bem classudos. Tudo o que foi preciso foi pintar as laterais com tinta acrílica branca e colar uma cortiça no fundo para evitar que o azulejo arranhe a sua mesa. Para colar a cortiça no azulejo, usei cola Super Bonder em gel, já conhece? Tenho usado bastante.


5- Faça o seu terrário

Potes de vidro, areia, cascalho e plantinhas. É tudo o que você vai precisar. De preferência, cactos e suculentas, pois precisam de menos manutenção. Um cartãozinho carinhoso é a cereja do bolo nesse presente.



6- Receitas na jarra

Só eu acho que essas jarras de receita são puro amor? Se você tem uma receitinha sua que é só sucesso, que tal presentear os seus amigos com ela?  Basta separar os ingredientes da receita já na medida certa e despejá-los em camadas num pote de vidro. Depois é só enfeitar o pote e não esquecer de enviar um bilhetinho com as orientações de preparo. 


Casa de Cueca: Relógio de Parede Retrô

14/12/2012


Hoje tem um projeto para reaproveitar um presente de grego chinês que todo mundo que um dia experimentou fazer um chá de casa nova já ganhou: Relógio de Parede. É fato: se ainda não tem, é questão de tempo até aparecer alguém com um desses pra você e, passado o susto com o design do bichinho, ele vai parar em algum quarto de bagunças. Agora, se você ainda não foi agraciado(a) com o dito cujo, pode ir em qualquer loja xingling que vai achar um bem baratinho.

Como você já deve saber, a cozinha lá em casa pretende ser retrô, mas como tudo que é eletrodoméstico neste estilo tem um preço digno da realeza, acabo investindo mais em objetos de decoração pra conseguir esse visual. E foi numa dessas que ressuscitei o tal relógio. Olha como ficou:



Para ter um desses pra chamar de seu você vai precisar de:
  • Um relógio de parede redondo
  • Cola Branca
  • Tinta Spray Preta
  • 1 impressão na largura do relógio
  • Chave de Fenda

Passo a Passo:




1- Tire os parafusos da traseira do relógio (falando nisso, em breve trago uma solução pra traseira dos bichinhos do cabideiro);

2- Retire a moldura e pinte com spray preto (2 demãos pra ficar fino);

3- Retire o plástico/vidro da frente;

4- Tire os ponteiros do relógio. É só puxar, mas tome cuidado para não amassá-los;

5- Recorte sua impressão no formato redondo de forma a encaixar no relógio. Esse será o novo fundo;

6- Faça um furo exatamente no meio, onde passar a base dos ponteiros;

7- Cole a impressão no fundo do relógio;

8- Monte novamente com o vidro e a moldura;

9- Coloque os parafusos de volta (confira se nao sobrou nenhuma peça, rs) e tá pronto. ;)

E mais:

- Se quiser dar uma incrementada, pinte também os ponteiros do relógio
- Mais uma vez, cuidado na hora de tirar os ponteiros pra não estragar nada.
- Pode ser um bom presente de natal hein, hein, hein!?


Claro que não vou deixar vocês se virarem com a impressão. Se gostou dessa aí, clique aqui e baixe a sua. A figura está numa folha A3 com a imagem com 28 cm de diâmetro, que é a medida do meu relógio. Caso o seu seja maior ou menor, peça na gráfica para adaptar para o tamanho correto na hora da impressão ok? Imprima em papel couchê pra ficar com um acabamento daquele jeito que a gente gosta!

Bom, caso o mundo acabe ou eu não apareça por aqui até o natal, desejo a todo mundo boas festas e um ano novo pipocando de boas idéias. Até a próxima! ;)

[Thalita, a Intrometida, entrou no bate-papo] Dá licença, Eduardo, sou eu Thalita! Posso me intrometer, já me intrometendo? :) É que lembrei que, se quiserem, eles também podem baixar a montagem de Pub Retrô que eu fiz para uma mesinha do Decora! Apesar do formato retangular, dá pra imprimir e recortar no formato redondo, né? Fui! [Thalita, a Intrometida, saiu do bate papo]


>> O Eduardo é nosso colunista do Casa de Cueca e autor do blog Homens da Casa. E, toda vez que você comenta, ele fica todo-todo. :)

Viajar é preciso

12/12/2012




Toc toc toc... posso entrar? Depois de tanto tempo longe daqui, só poderia voltar pedindo licença, né? Até porque ultimamente esse espaço tem sido mais seu do que meu, por usucapião rs.

Mas não confunda sumiço com abandono. Meu motivo é nobre: férias! Curtas, mas ainda assim: férias. Na semana passada, eu e o Lê fomos para Buenos Aires recarregar as baterias e mimar muito os olhinhos com as coisas belas de lá. Se você é uma pessoa que gosta de comer, você vai amar Buenos Aires. Blá blá blá... isso você já sabe, eu sei. Mas se você é uma pessoa que gosta de prédios, você nunca mais vai esquecê-la. Ahn? Prédios? Pois já explico. É que, usando todo o seu poder de síntese masculina, o Lê definiu a cidade com a seguinte frase: “Buenos Aires é uma cidade pra quem gosta de detalhes”. E realmente não consegui encontrar outra frase pra defini-la melhor. Ao caminhar pelas ruas, os olhos mal encontravam o chão. Viviam morando nas alturas, extasiados com a beleza dos prédios e casas de lá. “Esse é meu favorito! Não, esse aqui que é meu favorito! Hum... pensando melhor é esse!”, dizia eu a cada esquina dobrada. Depois de 1 semana explorando e extraindo tudo o que estava ao nosso alcance, posso afirmar de peito aberto para outros turistas em potencial: é injusto reduzir Buenos Aires a tango, vinho, carne e antiguidades. A atenção aos mínimos detalhes está sempre presente e espalhada pelos 4 cantos da cidade. Para nosso deleite, isso acaba se refletindo também na sua arquitetura, design, decoração e artesanato, verdadeiras jóias preciosas dessa cultura.



Por um lado, Buenos Aires passa por uma crise visível até mesmo aos olhos de quem está só de passagem. A inflação castiga o comércio, o sistema de transporte público deixa muito a desejar e as ruas estão sujas – muitas vezes, não pela falta de cidadania dos porteños, mas por um serviço de coleta de lixo confuso e talvez defasado. Por outro lado, também tivemos o prazer de conhecer uma cidade linda, rica e organizada. Linda com sua arquitetura ainda caprichada (quem sabe até quando?), rica com sua cultura tradicional e ao mesmo tempo de vanguarda em tudo que faz, e organizada, com seus cidadãos mais gentis, cordiais e solidários do que estamos acostumados a encontrar pelas bandas de cá.

Mas esse post não tem a pretensão de ser guia de viagem não. Vou deixar isso para um próximo post, se vocês quiserem, claro. É que, como estou com saudades, queria unir o útil ao agradável falando dos garimpos da viagem e algumas mudanças do cafofo dos últimos meses. As comprinhas variam entre garimpos do Saara, de Buenos Aires e até da Internet. Aos poucos, a casa vai mudando de cara e ficando cada vez mais com cara de 2. <3


A caixinha com zilhões de palavras imantadas foram garimpados na Sr. Mor, em Buenos Aires. É palavrinha pra dar, vender e ainda escrever um romance na geladeira. O mais legal é que pudemos escolher entre alguns idiomas, incluindo o português. Mas preferimos o espanhol mesmo para ficar de lembrança dos nossos momentos de portunhol vergonhoso e cara de pau. Seguiremos praticando. rs

Não pretende ir a Buenos Aires? Bem dá pra fazer na sua casa, hein? Basta imprimir as palavras numa impressora de casa mesmo, colar sobre uma folha de imã (lembra desse projeto do Casa de Cueca?) e depois proteger com contact transparente ou cola branca. Aí é só passar o estilete com a ajuda de uma régua e foi pra conta. É uma, hein? :)


Essa gota chocólatra escorrendo da geladeira não é novidade! Foi feita com uma sobra de tecido, fita dupla-face e tesoura. Primeiro, colei a fita dupa face no verso de toda a área do tecido a ser usado. Depois, desenhei as gotas e recortei seguindo o traço. Retirei o filme do verso da fita dupla-face e colei essa parte diretamente na geladeira. Para dar certo, toda a área do tecido deve estar com a fita dupla-face, para que algumas partes não fiquem soltas. 




As carinhas também são uma belezura comprada na fofíssima Chapó Loló, em Palermo Viejo, Buenos Aires. São 6 carinhas diferentes que já vêm fatiadas em 3 partes (olhos, nariz e boca) e você pode brincar à vontade de troca-troca. Essa dentucinha de cabeça nervosa aí da direta, por exemplo, é meu alter ego rs. :) Já fiquei pensando que fazer uma brincadeira dessa com a fotos dos amigos seria um divertido presente de Natal! É ou não é? É só usar essa lógica das impressões na folha de imã! Esses quadrados amarelos sobre a bancada são azulejos hidráulicos comprados no Leroy Merlin. Comprei para servirem de descanso de panela e costumam receber elogios dos amigos quando vão à mesa, viu? :) Se quiser uma ideia barata, duradoura e charmosa pra descansar suas panelas quentes e até os vasinhos de plantas sobre a mesa, fica a dica!






A colcha é da Capital, uma lojinha também em Palermo Viejo. Ah, percebeu que a parede do quarto mudou um pouco? Pois é, em vez de vários posters pequenos espalhados, agora são só 4 e arrumadinhos. Foram comprados na feirinha do Rio Comicon do ano passado.



A vela de Nossa Senhora foi comprada em uma loja de velas também lá em Buenos Aires. Não resisti quando vi! E ela ainda é cheirosa, é mole? Valeu à pena todo o cuidado pra trazer no avião. :) E como essa é filha única de mãe solteira e dá uma dó danada de botar fogo, as velinhas de LED dão conta do recado. Essas foram compradas no Saara. 


O vaso de coruja virou tão xodó que ganhou até nome: Owlga, se é que você understand. :) Essa jarrinha de pinguim azul bebê não podia  simplesmente ficar na loja desamparada! Tratou de vir pra casa com a gente. Essas também foram compradas na Sr. MorFiquei pensando que dá pra fazer algo parecido se você tem em casa um bibelô de porcelana que já não faz mais bonito. Algumas camadas de tinta em spray brilhante deixariam um efeito parecido, hein! Reparou nas flores lindinhas? Pois são de men-ti-ra e são do Saara, lá do Bazar das Flores. Tudo o que eu fiz foi arrancar a parte com folhagens, pois acho que ela "peladinha" assim fica mais bonita. 




Ufa! Mas como falo! É que ainda tem mais pra mostrar! Agora falemos da parede acima do sofá. "A parede do Lê", como chamados. Esse é o único espaço da casa onde a palavra final da decoração é dele. Eu até opino (e muito, quando mulher não opina?!), mas no final das contas só entra o que ele quer. Esse relógio, por exemplo, foi ele que apontou na loja e fez questão de comprar. Eu só disse: "pode ser o turquesa? ". Garimpamos esse com um preço possível lá na Gato, também em Buenos Aires.

Desejou? Então você vai adorar o próximo post do Casa de Cueca. Falo mais nada. :)





O quadro "quadriculado" é uma foto do Lê impressa em lona. São aquelas gavetinhas do cemitério ainda vazias, mas se você for achar muito mórbido finge que não te contei isso. Esse efeito engana-olho (pontinhos nos cantos dos quadrados) que dá na foto também dá na vida real. O peixinho amarelo é de uma loja de artesanato argentino encantadora e é feito com latinha de atum reciclada, tem como não amar? Esqueci o nome exato da loja, mas prometo buscar e atualizar. Só sei que fica em Palermo Viejo!



O quadrinho do Papai Noel na verdade é uma caixa preta com vários blocos de madeira pintados. Cada face possui um desenho que, juntos, podem formar diversas carinhas. E como estamos no Natal, tentei fazer um Papai Noel que ficou mais pra mago, né? rss. Compramos na internet, no site da Miller 


O Lê gamou nos ônibus de Buenos Aires. Todos coloridinhos, retrô, com ares de excursão de antigamente, tipo férias do Chaves, sabe? Não sossegou até tirar várias fotos pelo celular. Para nossa alegria, descobrimos que a loja de revelação de fotos do shopping Buenos Aires Design fazia essa impressão em lona da sua foto e montava o quadrinho. Saímos de lá com 2 fotos: a do ônibus e a das mãos unidas rezando. O Papai Noel é das Lojas Americanas, mas já está com a gente há 3 natais. :)


E a nossa parede, atualmente, tá assim. Ela pode parecer descombinada, uma bagunça total pra você. Mas pra gente é só tesouro, lembranças e história, muita história.... até agora. :)




A placa de números acima do livro foi comprada na feira de San Telmo, em Buenos Aires, uma feira de antiguidades enorme (e imperdível) que acontece aos domingos. Por ser um ponto bem turístico, os preços são pra lá de salgados. Por isso, só garimpamos essa plaquinha de numeração usada desde sempre e até hoje nos prédios e casas porteñas. E precisava mais? Pra gente, nada poderia servir melhor como lembrança das casas encantadoras que encontramos por lá. <3



Natal de Coração Modernidade Móveis

11/12/2012

Pra mim, não tem época melhor do que o fim do ano (recesso e 13º, amor verdadeiro, amor eterno) para fazer as mudanças tão esperadas na casa da gente, não é mesmo? Junto com o novo ano e todas as resoluções que combinamos só entre nós, uma casa com novos ares dá aquela dose extra de ânimo para recomeçar, reaprender, reinventar.  

Na semana passada, a Modernidade Móveis entrou em contato com a gente para divulgar a promoção que está acontecendo lá na loja virtual deles. Curiosa que sou, fui correndo bisbilhotar toda a loja, conhecer produtos, preços e, é claro, garimpar favoritos pra dividir por aqui. O que encontrei? Muita coisa linda, daquelas que você olha e diz: "ah... eu mereço, vai." Por exemplo, acho que super mereço essa Luminária Lótus, no canto da minha sala rs. Já a casinha linda-linda para pets a Frida não tá merecendo muito não, pois comeu o pé da mesinha vermelha. Pois é. Mas se o seu peludo aí tá comportado, a casinha é um presente e tanto pra ele (e, vamos combinar, pra sua sala também). 


Espiou que que o preço cortado? É que, para a nossa alegria, o site está com a promoção Natal de Coração. São 25 produtos com 25% de desconto e pronta entrega. Ou seja: é pra virar o ano com novidade em casa, seja pra você ou pra quem você quiser presentear






Quer saber do mais? Na página da Modernidade Móveis no Facebook tá rolando o concurso "Meu presente de Natal". O prêmio? R$400 para você comprar o que bem desejar lá no site. Não é por nada não, mas arrisco o palpite de que o ganhador vai ser um leitor aqui do blog. O motivo? Para participar, basta enviar uma foto que demonstre o que você mais ama na sua casa. E eu bem sei que por aqui não falta gente que morre de amores pelo próprio cafofo e cheia de cantinho charmoso pra mostrar. :)  


Decoração de raiz

29/11/2012



Primeiro vieram as revistas. Depois, os programas de TV. Depois vieram os sites, os blogs de decoração e por fim os aplicativos do gênero. E, é claro, todos nos servem como fonte de inspiração e referência. Inspiração nunca é demais, eu sei... mas sabe do que eu mais sinto falta? Daquele tempo em que as pessoas decoravam com menos referência e mais instinto. Da época em que as casas brasileiras tinham a cara do nosso Brasil e eram decoradas por intuição, por costume e por capricho. As referências? Da própria família, dos amigos mais próximos, no máximo da vizinha lá da outra rua. O que era bonito aos olhos, enfeitava. O que era confortável, confortava. O que era gostoso, alimentava. Simples assim, sem medo de quebrar as regras. Aliás, que regras? Essas só vieram depois... junto com as inspirações. 

Hoje em dia temos tantas, mas tantas referências que, para muitas pessoas, decorar é eleger uma das infinitas ideias à disposição e copiá-la. A sensação é de missão cumprida, afinal, tiveram poder de escolha para eleger justamente aquela ideia para copiar no meio de tantas opções. 

Trocamos cumbuca, patuá e cobogó por "wishlist", "Design", "DIY" e o que era pra servir de inspiração se transformou em mandamento.  Quando mesmo que a nossa casa virou home

E como uma pessoa que passa a vida bisbilhotando casas e jeitos de morar inspiradores, digo de peito aberto e coração apertado: sinto saudade de ver mais casas brasileiras por aí. De espadas de São Jorge, de paninhos sobre a mesa, de cantinho de fé na sala. Sinto saudade de arte na parede que fale português e de cheiro de café sendo passado no meio da tarde. Saudade inclusive de quando a vizinha aparecia para tomá-lo com você. Enfim... saudade da nossa brasilidade impressa em cada canto da nossa casa, da decoração de raiz. 

Dia desses me peguei saudosa sobre esse assunto lá na nossa página no Facebook e lancei a pergunta: "O que toda casa brasileira tem que ter?". O resultado? Uma viagem no tempo coletiva, de muita lembrança e emoção. E, meses depois dessa brincadeira gostosa, eis que o marido me presenteia com essa série de fotos feitas durante um trabalho dele. Talvez elas não te emocionem tanto quanto me emocionaram mas, pra mim, foram uma tremenda de uma declaração de amor. Um verdadeiro presente que me fez voltar aos tempos da casa da minha bisavó no Méier (subúrbio do Rio). Do tempo de bate papo na calçada, de vó fazendo gostosura no fogão, de passarinho cantando na janela, de banho de mangueira e de muitos outros encantos que só quem cresceu numa típica casa brasileira pode entender.

 
E pra você? O que toda típica casa brasileira deve ter? Vamos continuar a brincadeira por aqui? Aproveito e te convido para viajar com a gente e passear pelas mais de 200 respostas inspiradoras compartilhadas pelos leitores (vem por aqui). 

Tô esperando a sua resposta, hein? :)

Por um futuro com mais inspiração nos acertos do passado. E viva a típica casa brasileira!

Fotos: Leandro Pagliaro - feitas em Paquetá, durante as gravações de Subúrbia, minissérie da Globo filmada por ele. Lê é marido, fotógrafo, cinegrafista e me enche de orgulho todo santo dia. 


Sorteio: ano novo, mesa nova!

27/11/2012



Quem acompanha o blog faz tempo já conhece a história da minha mesinha vermelha, que é meu verdadeiro xodó. Lembro que ela foi um dos primeiros toques coloridos aqui do cafofo e, desde então, nunca mais parei de colorir. E olha que essa casa já passou por muita mudança. Mas a mesinha permanece aqui, do mesmo jeito. 
Para minha surpresa, uma mesinha vermelha pra chamar de sua também parece ser o desejo de muita gente que lê o blog! É só passear pelos comentários dos posts para constatar que ela é uma espécie de preferência nacional rs. 

Mas eu não estou aqui pra deixar ninguém na vontade não! É que essa semana tem sorteio pra lá de especial! A iLove funciona como um grande shopping virtual, com diversas lojas de segmentos variados num só lugar. Pra você ter ideia, só de Casa e Decor são cerca de 2.000 produtos. Recebi um em-mail deles com o convite para conhecer o site da Gift Express - que é uma loja cheia de ideias fofas para presentes e decoração - e escolher 1 item para sortear por aqui. E, dentre todas as fofuras que encontrei por lá, escolhi essa lindeza pelos seguintes motivos:

1- Sei que tem um monte de gente que adoraria ter uma mesinha vermelha.
2- Tem pé palito. E, pra mim, se tem pé palito já saiu na frente com folga.
3- O meu maior desejo é que cada um tenha uma casa mais colorida.
4- Queria "fazer a diferença" com o presente. E com uma mesinha vermelha na sala para se olhar todo dia, aposto que consigo essa proeza. 

Se a ansiedade já tomou conta e você não vê a hora de colocar as mãos nessa belezura, veja como participar do sorteio:

* O post está rolando lá no Facebook. Para acessar, clique aqui.
* Para participar, basta curtir e compartilhar o post do sorteio. Curtiu? Compartilhou? Então você já está participando.
* O resultado do sorteio será divulgado no dia 01/12/2012, lá na página do Casa de Colorir no Facebook. Então aproveita e curta a página para ficar por dentro das próximas notícias!

E para você sentir só um gostinho do que pode ser seu em questão de dias, sim, eu também pedi ganhei uma mesinha \o/ \o/ \o/. A cor? Pedi surpresa! "Pode mandar qualquer cor, menos preta. Assim é mais divertido", disse. E então abri a caixa e me deparei com esse turquesa lindo toda vida! Já se enturmou com todo o resto do cafofo, mas desbancou o violão do Lê. Com a chegada da mesinha, o instrumento vai precisar de um outro canto. Por enquanto, vai ficar lá no quarto, dentro do armário. Quem sabe pensamos em algo para pendurar na parede? Marido aguarda uma solução rápida e urgente rs.