301

Azulejos Coloridos

23/02/11

Hoje decidi mostrar mais do que escrever, só pra variar um pouco. Liga o som, vai... :)





.: atualização :.


Rá. Achou que eu ia te deixar na mão, né? Mas é o que eu canso de falar aqui no blog: se a idéia não for fácil de todo mundo fazer, é melhor nem publicar ela aqui!

Desde que eu vi a parede da cozinha da Vivi dessa maneira, eu não sosseguei até fazer uma dessas aqui em casa! Foi inspiração à primeira vista!

Então aqui está a minha versão pra essa idéia encantadora!

O seu apê é alugado?
Então bem-vindo ao meu mundo!
Você acha que não pode fazer uma graça na decoração por causa disso?
Então para tudo... em qual mundo você vive?

Se o seu apê for alugado, que nem o meu, essa é a nossa luz no fim do túnel para conseguirmos um banheiro com azulejos coloridos! Porque imagino que, assim como eu, quebrar parede está fora de cogitação, né?


Bora colocar a mão na massa? Hoje? Boa...esse é o espírito... rs.

1- A escolha dos desenhos.

Pra começar, você deve escolher quais desenhos você quer usar. Eu fiz uma misturada total com figuras que eu gosto. Mas você pode escolher só um estilo ou até usar somente 2 figuras, intercalando as duas como um tabuleiro de xadrez, sabe?

Todas as imagens que eu usei nos meus azulejos eu peguei do Google. Dicas de palavras-chave para a pesquisa:
Vintage Pattern, Tile, Tile Pattern, Cute Pattern, Bohemian Pattern, Cute Prints, Antique Prints etc.

Mas é claro que essa parte aqui é totalmente livre! Como você vai notar, nem todos os azulejos tem um padrão de estampa. Tem alguns que são figuras mesmo, como o Obama, a banana, a abelinha... aqui é a sua imaginação quem manda.

2- Medindo seu azulejo.

O meu azulejo mede 15cmx15cm. Então eu formatei o tamanho de cada figura para que ela ficasse num formato quadrado e com essas medidas. É importante que o adesivo fique bem coladinho no rejunte, mas sem cobri-lo, ocupando toda a área do azulejo para dar um aspecto bem real quando o adesivo estiver aplicado.

Não sabe como mexer no tamanho da figura? Aqui você fica sabendo, lembra desse post?

3- Vamos baratear a coisa

Para baratear a impressão, coloquei todos os quadradinhos, um do lado do outro, para que a impressão saia em uma única folha de 1,05mx1,05m.
Na gráfica, você deve pedir impressão em adesivo vinil colorido, nesse formato.


O adesivo em vinil tem uma camada protetora, tipo um verniz, que vai permitir que você limpe depois o azulejo com um pano úmido, sem estragar a impressão.
Eu paguei R$60 nessa folha grandona e nela cabem 49 quadradinhos. A maioria das gráficas da esquina fazem esse tipo de impressão e nesse tamanho.


Dica: na própria gráfica, você já pode pedir para eles refilarem os adesivos! Assim, você já volta pra casa com todos eles cortadinhos. Isso te poupa tempo e garante que o corte entre eles fique bem acabado!


4- Agora que a brincadeira começa!

Antes de colar o adesivo, limpe bem a parede com alcool ou um desengordurante. Isso garante a aderência do adesivo.


Agora é mamão com açúçar, né? Mais fácil que colar figurinha no álbum! Como a área é pequena, você não precisa se preocupar tanto com bolhas nem usar uma espátula. Eu não usei. Mas se você quiser garantir, vai em frente!




5- O acabamento é tudo

É possível que você tenha que refilar alguns azulejos, como eu fiz. Basta usar um estilete e pronto. Não tem nem o que explicar muito! O corte é fácil e é quase impossível você fazer besteira nessa parte.
Se você quiser, pode medir a área antes, recortar o adesivo com uma tesoura e já colá-lo com o tamanho certo. Mas eu preferi colar tudo e depois ajustar as sobras com estilete.


6- Trabalho pronto, missão cumprida e dancinha da vitória.

Eu já fiz a minha... :)





Psiu... atendendo a pedidos, vou dividir com vocês o arquivo usado pra fazer os azulejos, com direito a um puxão de orelha de leve: é pra você se animar, arregaçar as mangas e fazer o seu! 
Mas se não der ou não souber como, clica aqui e faz o download. 

Tudo pra você ter uma casa mais colorida. :)
15

Muita idéia, pouco post...

16/02/11



Todo esse material aí do lado vai virar alguma invenção que eu tô bolando por aqui. 

O problema é que eu tô falando de 3 projetos diferentes e não sei por onde começar!

Tô fazendo um e paro... aí começo e paro pra partir pro outro...

. Copo meio vazio:
os posts estão demorando uma enternidade pra sair
. Copo meio cheio:
mas quando sair, vai ser um atrás do outro!
53

Desligue a TV e vai pintar uma parede

13/02/11

Tenho uma confissão e vou falar de uma vez: eu só tenho 1 aparelho de televisão em casa. 
Ai... pronto... tô até mais leve.

Ficou surpreso? Não? Então você é dos meus. Porque eu achava normal, já que eu moro sozinha e só tenho 1 cabeça e 2 olhos, ter só uma TV em casa. Mas parece que a maioria das pessoas se espanta com essa "escassa" realidade.

Olha só o tipo de diálogo frequente aqui em casa entre qualquer visita e eu, a anfitriã:

- Ué... você não tem TV no quarto?
- Não.
- E por quê não?
- Porque eu já tenho TV na sala.
- Mas você pode ter uma no quarto também... tem até entrada da TV a cabo, ó....
*longa pausa*
- É.

Até o cara do CENSO fez cara de reprovação ao ouvir minha resposta. "Só UM televisor? Hum...". Achei até que não teria essa opção de resposta no formulário.

Estranha essa necessidade de se ter uma TV em cada canto da casa né? Ela acaba virando um "tapa buraco", essa caixinha mágica do mais fácil e preguiçoso tipo de diversão... Companhia para quem mora sozinho? Pode ser... mas em vez de ouvir a TV ao fundo, sempre dou preferência por ouvir meus próprios pensamentos e uma boa música. E já são tantas idéias, tantos pensamentos e tanta música boa pra ouvir e descobrir que, definitivamente, não há espaço pra mais uma TV nesses 50 metros quadrados.

Mas, de tanto ouvir que eu precisava de uma dessas no quarto, resolvi me render ao apelo quando me deparei com essa belezura na feira da Benedito Calixto, em sampa.





















Foi paixão à primeira vista, amor em tópicos:
1- Ela é amarela
2- Ela é velhinha e surrada
3- As listrinhas da tela parecem o 1o layout do blog
4- Ela não funciona. Ou melhor, ela funciona, mas do jeito que eu espero que ela funcione!
5- Ela tava em promoção.




Agora ela mora aqui ó, no quarto, dando fim aquela angústia gerada pela ausência televisiva. Tô até dormindo melhor, sabia? :)



O poster das freirinhas foi um presente do Carlão, um amigo antigo... e bota antigo nisso! Estudamos juntos desde a 4a série, em um colégio de freiras.

Ele hoje é um baita artista, grafiteiro, diretor de arte e o que mais der na telha. Não é uma delicia ver nossos amigos de infância crescendo e virando adultos talentosos, interessantíssimos, que produzem coisa boa e bonita sem parar? Dá um orgulhinho...

Esse poster, feito por ele, é uma lembrança daquela época gostosa da escola, com uma pitada de ironia e politicamente incorreto, elementos que são marca registrada da sua arte.

Fico imaginando o diálogo da visita aqui em casa a partir de agora:

- Ih, você comprou a TV!
- Sim.
- Ué... mas ela não funciona...
*longa pausa*
- É mesmo... droga, não tinha percebido. Agora vai ficar assim mesmo.
*visita deixa o quarto confusa*


Esse vídeo não resume muito bem? Essa tal de internet tem uns achados né? :)

9

Alguma coisa acontece no meu coração...

09/02/11

Ela é daquelas que todo mundo tinha que, pelo menos uma vez na vida, ter o prazer de conhecer. De longe, a mais tumultuada. De perto, a mais pacata entre elas.

Ele é assim... fora de série. Uma grata surpresa, uma recompensa aguardada.
Ela, sempre efervescente, não nos deixa nunca esquecer de que a vida funciona 24h.

Ele sente falta do mar. Já ela tenta mostrar pra ele que ela tem muito mais azul a oferecer do que se pode imaginar.


Ela é um liquidificador cultural. Um caldeirão de misturas, pronta pra receber e para se doar pro resto do mundo. Ela é colecionadora de sotaques, histórias e tradições.



Já ele enxerga a vida assim... de 2 em 2. Combos compostos por 2 peças parecidas, mas ainda assim diferentes. Que precisam estar juntas pra contar uma história, que conversam entre si e que se complementam.




Ela desafia a lei de que 2 corpos não ocupam o mesmo lugar no planeta. Desafia ainda sua paciência, mas também desafia a sua capacidade de viver em outro lugar que seja o oposto dela. O lema é: "Sempre tem lugar pra mais 1."

Já ele nos faz enxergar que "2" tá de bom tamanho. Que, com 2, a coisa flui ainda melhor. Que dá sim, pra contar uma história e que ela acaba fazendo todo o sentido do mundo.

Ela? A cidade de São Paulo, a qual tive o prazer de revisitar nesse fim de semana, mesmo que em tempo recorde.

Ele? O fotógrafo. Essa mente inquieta, criativa e apaixonante. Que, quando está atrás da lente do brinquedinho, enxerga a vida assim, de 2 em 2. E não é assim que tem que ser? Quando 2 se bastam, todo o resto passa a fazer sentido.


Se encantou? Tem mais aqui.
75

Antigo / novo. Novo / antigo (Reciclagem e decoração)

04/02/11

Na semana passada, umas pessoas queridas me chamaram lá no trabalho e me ofereceram 50 fitas de vídeo beta. Pra quem não conhece, essas fitas são iguais às VHSs que a gente tem em casa, só que um pouco menores. E elas estavam todas indo pro lixo.... é mole Mas eu já disse que eu dou uma baita sorte quando o assunto é esse, né? li-xo.

"Ó... queremos ver o que você vai inventar com essas fitas!", disseram, quase em coro.

O primeiro pensamento que me veio foi: "Hum... ótimo. Deixaram de jogar algo no lixo porque lembraram de mim! Excelente... tão lendo o blog." :)

O segundo pensamento foi: ..."E não é que essas fitas têm potencial? "

Tratei de trazer as fitas pra casa e passei uns dias pensando, eu e os botões:

Tem assim de gente que ainda tem dezenas de fitas de vídeo em casa, sem ao menos terem ainda o vídeo-cassete, raridade esta que já foi para o brejo anos atrás. Já parou pra pensar nisso? "Não... não vou jogar fora porque vou um dia passar essas fitas todas pra DVD!" Sei... quanto tempo dura esse "um dia" mesmo?  Pelo menos uns 5 anos, talvez? :) E as fitas permanecem lá... no fundo do baú.

Desde quando essas fitas tornaram-se inúteis?  Elas não têm suas lembranças?  Suas histórias?  Então por quê deixá-las no armário? Se for pra guardar poeira, que valha à pena. Pelo menos para os olhos!




Então, já que as tais fitas estão sem utilidade, vamos tratar de dar uma pra elas, pelo menos até que o plano dos DVDs se concretize?  Harmonia entre o moderno e o obsoleto, no mesmo m2, e com pouco esforço. Uma árvore a mais no planeta, 50 fitas a menos no lixo. Excelente negócio ou não é?


Tudo junto, numa forma de organizar o novo, através do antigo. E não é assim que tem que ser?


Com cola + pés de rodinhas + compensado de madeira, o antigo vira moradia para o novo.


Por algum tempo, o banquinho de madeira que fica do lado do rack vai para outro canto.


E ainda sobrou algumas... Mas a mesinha pode sermpre mudar de forma, conforme uma nova idéia. Por isso, nada de lixo pra essas fitas daqui também.


Mais fotos? É só clicar...


Fique por aqui e passeie por outras histórias. :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...